Covid-19: Prefeitura de São Paulo autoriza bônus para servidores da linha de frente



O prefeito da cidade de São Paulo, Bruno Covas, anunciou que os servidores municipais que atuam no enfrentamento da Covid-19 receberão um bônus neste mês de maio. Profissionais das áreas da Saúde, limpeza, serviço funerário, assistência social e fiscais das subprefeituras são alguns dos contemplados com o benefício no valor médio de R$ 5.388.


A bonificação já tinha sido aprovada pela Câmara Municipal. O médico e vereador Gilberto Natalini, desde fevereiro, tem articulado com líderes e autoridades públicas na defesa do reconhecimento valorativo dos profissionais.


“Desde o início da pandemia, temos visto muitas pessoas em geral aplaudindo os profissionais da Saúde. É muito importante o reconhecimento público, mas não é suficiente, porque todas as classes, desde os médicos às áreas administrativas, ficam expostas cada um em seu risco pessoal, e as condições de trabalho adversas podem contribuir para demandas desgastantes. Só na Prefeitura de São Paulo, há mais de 3 mil pessoas afastadas porque contraíram o novo coronavírus, além das perdas”, ressalta o vereador.


De acordo com Natalini, todos os servidores da Saúde receberão o benefício, incluindo funcionários de organizações sociais. Ele reforça que a ideia surgiu em meio à experiência já adotada pelo município de São Caetano do Sul.


“É uma vitória boa e o governo municipal ficou sensibilizado. Como parlamentar, fico feliz de defender o reconhecimento material dos profissionais da Saúde de São Paulo. Tomara que essa iniciativa sirva de argumento para sensibilizar o País como um todo”, conclui.

APAN | Associação Paulista de Neurologia

Assessoria de imprensa 

ACONTECE COMUNICAÇÃO INTEGRADA