top of page
  • apansp

Dr. Rubens Gagliardi fala à TV Record América sobre estudo que associa estresse à perda de memória

Dr. Rubens Gagliardi comenta em entrevista à TV Record América sobre um novo estudo que apontou que altos níveis de estresse afetam diretamente a capacidade cognitiva no cérebro. A pesquisa aponta a possível redução da capacidade de lembrar, concentrar e aprender coisas novas.


No estudo, pessoas com estresse elevado tem 37% mais chances de ter uma memória ruim, ou experimentar um declínio da função cognitiva. As pessoas podem até perder parte da massa cinzenta do córtex pré-frontal.


O estresse não só afeta o cérebro, mas também pode ter efeitos prejudiciais à saúde a longo prazo. O ritmo de vida acelerado, tenso e ruim aumenta os riscos de derrame, problemas cardiovasculares, resposta imunológica deficiente e danos físicos ao corpo.


A pesquisa apontou que os adultos negros têm cerca de 50% mais chances de ter um derrame do que um adulto branco. E que os negros mais velhos têm duas vezes mais probabilidade de desenvolver Alzheimer ou outra demência.


Assista à fala do presidente da APAN no vídeo a partir de 17’46”: https://www.youtube.com/watch?v=0PfiD4Re8X0






bottom of page