Não caia em fake news sobre coronavírus



A epidemia do novo coronavírus (2019-nCoV) tem provocado a disseminação de uma série de notícias falsas sobre o tema nas redes sociais. Apesar da preocupação, especialistas garantem que não há motivo para pânico no Brasil.


Para evitar a disseminação de fake news sobre o novo coronavírus, o Ministério da Saúde e o Twitter Brasil se uniram para esclarecer as dúvidas dos brasileiros. Agora, o usuário que buscar informações sobre a doença na rede social receberá uma notificação para acessar o site do ministério. Quem digitar “coronavírus” ou “novo coronavírus” no campo de busca do Twitter verá a seguinte mensagem: “Para garantir que você tenha as melhores informações sobre o novo coronavírus, recursos do Ministério da Saúde estão disponíveis”.


No texto há dois links: o “Saiba mais” redireciona o usuário para a página oficial do Ministério da Saúde sobre o coronavírus; e o “Ministério da Saúde” leva ao perfil do órgão no Twitter.


É possível acessar o serviço de combate a fake news do Ministério da Saúde pelo site http://www.saude.gov.br/fakenews/coronavirus ou pelo Whatsapp (61) 99289-4640. Qualquer cidadão pode enviar gratuitamente mensagens com imagens ou textos que tenha recebido nas redes sociais para confirmar se a informação é verídica, antes de compartilhar o conteúdo.


A Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), em parceria com a AMB, também disponibilizou um documento para esclarecer dúvidas sobre o novo Coronavírus (2019-nCoV). O documento atualizado pode ser acessado no site da AMB.


Fonte – AMB

APAN | Associação Paulista de Neurologia

Assessoria de imprensa 

ACONTECE COMUNICAÇÃO INTEGRADA