Pânico da covid-19 tem levado a mortes por falta de atendimento médico

Levantamento da WSO verificou redução de 60% nos atendimentos médicos de AVC pelo mundo



Levantamento mundial da World Stroke Organization (WSO) verificou redução de 60% nos atendimentos médicos em decorrência de AVCs, mas o motivo é dos mais preocupantes. Segundo neurologistas, isso não representa menor incidência de acidentes vasculares cerebrais, mas revela que as pessoas estão deixando de buscar atendimento nos hospitais porque têm medo de acabarem infectadas pelo coronavírus. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Diretora da Sociedade Brasileira de Doenças Cerebrovasculares, Gisele Sampaio lembra que “a covid-19 não levou embora as outras doenças”.

Octávio Marques, chefe do Serviço de Neurologia Vascular da USP, prevê mais pessoas incapacitadas como “segundo impacto da pandemia”.


Um dos maiores problemas identificados por neurologistas e médicos de outras áreas é que o foco, principalmente da mídia, está na covid-19.

Fonte - Diário do Poder

APAN | Associação Paulista de Neurologia

Assessoria de imprensa 

ACONTECE COMUNICAÇÃO INTEGRADA