Turma da Mônica ganha personagem com distrofia muscular de Duchenne


A Distrofia Muscular de Duchenne (DMD) é uma doença rara ligada ao cromossomo X, afetando crianças do sexo masculino. É caracterizada pela degeneração progressiva e irreversível da musculatura devido à ausência da proteína distrofina na membrana muscular. Tem evolução rápida e pode levar a óbito durante a adolescência ou início da fase adulta.


Edu, novo personagem da Turma da Mônica, tem a distrofia e é fruto de uma parceria entre a Mauricio de Souza Produções e com a indústria. Até o momento foram lançadas duas revistinhas, na primeira a Turma recebe Edu em seu primeiro dia de aula e conhece um pouco sobre a doença, na segunda temos os medos do personagem relacionados à evolução da enfermidade.


Maurício de Souza conta que é procurado por ONGs e entidades que buscam a difusão de informações para campanhas de saúde ou de cunho social, “assim foi com o Fábio Ivankovich, representante do laboratório; logo que nos explicou a importância de passar informações corretas sobre os primeiros indícios da doença e como podem ter melhor tratamento com um diagnóstico prematuro, entramos na ideia”.

APAN | Associação Paulista de Neurologia

Assessoria de imprensa 

ACONTECE COMUNICAÇÃO INTEGRADA