DOR



Na Sala 4 – Prof. José Lamartine de Assis, coordenada e presidida por José Geraldo Speciali, falaram Jaime Olavo Marquez (sobre “Tratamento farmacológico da dor. Polifarmácia?”), Roberto Satler Cetlin (“Dor lombar. Diagnóstico etiológico”) e Daniel Martins Coelho (“Abordagem fisioterapêutica da dor”). Antes do intervalo, também deu aula Rogério Adas Ayres de Oliveira, com o tema “Tratamentos complementares e integrativos. Porque indicar?”. O especialista falou sobre a complexidade da dor, tanto em mecanismos quanto em opções terapêuticas. Ele conceituou um pouco o que são esses tratamentos e mostrou as evidências científicas de práticas como yoga, massagem etc. Na segunda parte, Fabíola Dach abordou “Fibromialgia e o Neurologista”, Speciali ministrou sobre o tema “Dor neuropática central” e Daniel Ciampi de Andrade falou das “Técnicas emergentes no diagnóstico da dor neuropática”. José Aparecido da Silva, que abordou a “Dor no idoso”, disse durante o debate: “Sobre a dor nos pacientes com distúrbio do desenvolvimento, é possível avaliar vários aspectos e facetas do desenvolvimento cognitivo, afetivo, social e motor. Há várias escalas, questionários e inventários que capturam essas diferentes áreas humanas”.

APAN | Associação Paulista de Neurologia

Assessoria de imprensa 

ACONTECE COMUNICAÇÃO INTEGRADA