Muita calma ao levantar



Você fica tonto todas as vezes que se levanta rapidamente e com a sensação que vai desmaiar? Fique atento, talvez você sofra com uma condição chamada hipotensão postural (HP). Quando uma pessoa se levanta muito depressa, ela pode sofrer abrupta queda na pressão arterial, eventualmente originando tontura, sensação da visão turva e até fraqueza. Em casos mais extremos, há os que desmaiam. Isto acontece porque não havendo tempo suficiente para que o sangue circule corretamente, fica acumulado nas veias das pernas e do tórax, resultando nos sintomas.


Em alguns casos a hipotensão postural é tão severa que a pessoa não consegue ficar em pé por muito tempo. A pressão cai de uma vez. Pode ser limitante a tarefas do dia a dia, devendo ser encarada com toda a seriedade por quem sofre os sintomas. Trata-se de uma condição totalmente diferente da labirintite.


A hipotensão postural ocorre isoladamente ou pode estar relacionada a certos problemas de saúde, como as doenças cardíacas, as neurológicas e a hipertensão. "É uma condição que, em algumas oportunidades, talvez decorra de várias outras situações, sendo essencial investigar bem", explica a neurologista Cristiana Borges, coordenadora do Departamento Científico de Distúrbios Vestibulares e do Equilíbrio da Academia Brasileira de Neurologia e do Ambulatório de Distúrbios Vestibulares do Equilíbrio do Hospital das Clínicas da FMUSP.


Risco de queda para os idosos


"Um dos principais fatores de quedas em idosos está relacionado à hipotensão postural, uma circunstância identificada pela pressão anormalmente baixa nos vasos sanguíneos, que ocorre quando o idoso se põe de pé a partir da posição sentada ou deitada, causando tontura ou desmaio. Sua duração ocorre somente durante alguns segundos ou minutos, mas pode causar sérios danos ao idoso, em caso de queda", explica o enfermeiro Pedro Ribeiro Da Rocha Junior, pós-graduado em enfermagem do trabalho e enfermagem.


Entre as doenças neurológicas com tendência à hipotensão postural, a principal é degenerativa: a atrofia de múltiplos sistemas. Pacientes com doença de Parkinson, às vezes, também podem apresentar os sintomas. A hipotensão postural atinge inclusive pessoas sem qualquer doença, absolutamente saudáveis. "Por exemplo, alguém na praia, tomando sol o dia inteiro, sem se hidratar e se alimentar adequadamente, pode ser pego ao se levantar depressa", diz a médica.


Dá para evitar


Se você tem sintomas recorrentes, procure um especialista para descobrir a causa. Algumas medidas como a hidratação e a prática de atividades físicas ajudam no controle. "Exercícios, principalmente de movimentação e contração das pernas, são salutares", explica a neurologista.


Para aqueles com tendência à hipotensão é indicado sempre se levantar devagar, sem pressa. Em caso de tontura, o melhor é se sentar ou deitar-se. Dessa forma, você não vai desmaiar e os sintomas desaparecerão. A pressão se restabelece normalmente e começa a melhorar. "Truques, como colocar sal debaixo da língua ou comer uma azeitona são mitos e não funcionam. Bom mesmo é hidratação e alimentação nutritiva, além de orientação médica para corrigir os facilitadores à hipotensão, se necessário, com medicação", diz a médica.


Existem remédios específicos, mas só se deve adotá-los sob prescrição de um especialista, já que eventualmente provocam efeitos colaterais. "Se o paciente usa alguma medicação para a hipertensão em dosagem inadequada, pode vir a ter hipotensão postural", informa a neurologista.


Fonte: Diário da Região