Ataxias and Spastic Paraplegia: From Molecular Biology to Bedside and Treatment



Debater e disseminar o conhecimento de excelência sobre as ataxias e paresias espásticas hereditárias são o foco do congresso internacional Ataxias and Spastic Paraplegia: From Molecular Biology to Bedside and Treatment, organizado pela International Parkinson and Movement Disorders Society (MDS), que ocorrerá em 9 a 10 de novembro de 2018, em São Paulo.

As ataxias e paraparesias espásticas hereditárias representam um grupo heterogêneo de doenças neurodegenerativas, de origem genética. São caracterizadas por envolvimento do equilíbrio e do sistema motor, cursando com importante perda de função da marcha. Existem inúmeras causas genéticas de ataxias e paraparesias espásticas.

Na área das ataxias e paraparesias espásticas hereditárias, estarão em pauta no congresso: atualização sobre ciência básica, testes genéticos, manifestações clínicas, fisiopatologia, reabilitação, aspectos terapêuticos, incluindo terapias gênicas, entre outros pontos.

O evento está sendo organizado por Orlando Barsottini e José Luiz Pedroso, ambos da Universidade Federal de São Paulo. O congresso é dirigido a médicos neurologistas, neuropediatras, geneticistas, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, fisiatras, estudantes de medicina e profissionais que lidam com o tema. Saiba mais em https://www.movementdisorders.org/MDS/Education/Upcoming-Courses/Ataxias-and-Spastic-Paraplegias.htm

APAN | Associação Paulista de Neurologia

Assessoria de imprensa 

ACONTECE COMUNICAÇÃO INTEGRADA