CFM alerta que não envia e-mail com pesquisa sobre votação para a função de conselheiro


O Conselho Federal de Medicina (CFM) publicou, nesta quarta-feira (14/8), uma nota esclarecendo que não encaminha e-mail ou correspondência (eletrônica ou física) que contenha pesquisa acerca da votação para a função de conselheiro federal – gestão 2019/2024.


De acordo com o documento, a autarquia "repudia o uso indevido de seu nome e atos desse tipo e informa que tomará as providências legais cabíveis, visando identificar e punir os responsáveis por esses abusos".

Confira a íntegra do comunicado abaixo:


NOTA DE ESCLARECIMENTO


O Conselho Federal de Medicina (CFM) informa a toda categoria médica que NÃO ENCAMINHA e-mail ou correspondência (eletrônica ou física) que contenha PESQUISA ACERCA DA VOTAÇÃO para a função de Conselheiro Federal – Gestão 2019/2024.


Médicos têm denunciado à Autarquia o recebimento de mensagens eletrônicas com esse objetivo, como se tivessem sido remetidas pelo CFM.


O CFM repudia o uso indevido de seu nome e atos desse tipo e informa que tomará as providências legais cabíveis, visando identificar e punir os responsáveis por esses abusos.


Brasília, 14 de agosto de 2019


CARLOS VITAL TAVARES CORRÊA LIMA

Presidente do CFM

APAN | Associação Paulista de Neurologia

Assessoria de imprensa 

ACONTECE COMUNICAÇÃO INTEGRADA